terça-feira, 18 de maio de 2010

#medo

Não tenho medo de escuro, pois sei que os monstros sumirão quando acenderem a luz.
Não temo medo da chuva, pois sei que ela irá embora quando o Sol chegar.
Não tenho medo de altura, pois sei que se eu morrer, irei para o paraíso.
Não tenho medo de amizades, pois se forem mesmo meus amigos, não irão me fazer mal.
Não tenho medo dos falsos, pois tenho amigos de verdade.
Não tenho medo de palhaços, pois sei que mesmo fracassando, seu objetivo é me fazer rir.
Não tenho medo da violência, pois sei que sempre foi assim e nunca vai mudar.
Não tenho medo de lágrimas, elas limpam meus olhos e minha mente.
Não tenho medo de palavras, elas machucam, elas curam.
Não tenho medo da saudade, pois um dia ainda irei presa, por matá-la.
Eu tenho medo é do amor.
Medo de me apaixonar.
Porque ai sim, terei medo da escuridão quando ficar só.
Medo da chuva, quando notar que ela é extensa demais e não houver mais esperanças.
Medo de altura, quando pensar em me suicidar.
Medo das amizades que irei perder.
Medo dos falsos que irão me manipular.
Dos palhaços, que choram.
Medo da violência, que me assusta cada vez mais.
Medo das lágrimas que você cultivou em mim.
Medo das suas palavras, que vieram como tiros.
Medo não, pavor sim, da saudade que irei sentir de alguém ao meu lado.
O amor me faz ter medo.
Amor e medo, combinam afinal.

7 comentários:

  1. Caraãn o texto e lindo demais..
    Apesar de no texto o amor aparecer como vilão =/
    Bjos ;*

    ResponderExcluir
  2. "O amor me faz ter medo.
    Amor e medo, combinam afinal."
    Concordo *-*

    ResponderExcluir
  3. Amor & ódio.Amor & Medo,andam de mãos dadas.

    ResponderExcluir

Já que ta aqui, aproveita e deixa tua marca aê =]